• Exata relógio

Como escolher o melhor relógio de ponto para sua empresa?

Atualizado: 21 de Set de 2019

#exatarelogio

Alguns requisitos devem ser observados para a escolha do relógio de ponto ideal para sua Empresa. Além de atender à regulamentação do ponto eletrônico, é importante ficar atento a aspectos quanto à qualidade do produto e à assistência técnica oferecida pelo fabricante. O custo de impressão também é um fator que irá influenciar na compra do produto.

A forma de identificação do colaborador e o meio de comunicação do equipamento com o software de tratamento de ponto, também são importantes para a escolha do modelo de relógio mais adequado.

A regulamentação do ponto eletrônico

De acordo com o artigo 74 da CLT, toda empresa a partir de dez colaboradores está obrigada a controlar a marcação de ponto. No entanto, esse controle pode ser manual, mecânico ou eletrônico.


Ao escolher o controle eletrônico, deve-se atentar para a sua regulamentação. A portaria 1510/09 do MTE, disciplina a utilização de registro eletrônico de ponto e a do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto – SREP. Os registradores eletrônicos de ponto também são certificados no INMETRO e devem atender as portarias 480/11 e 513/13 – INMETRO.

Existem ainda uma forma alternativa de se controlar o ponto eletrônico, regulamentada por outra portaria, a 373/11 do MTE. Nesse caso, é necessário que conste em sua convenção ou acordo coletivo, homologado pelo sindicado, a permissão para a utilização de sistemas alternativos. Para a portaria 373/11, não há a necessidade de certificado do produto.

Portanto, o primeiro passo para o escolher o melhor relógio de ponto eletrônico é saber se você adotará um modelo adequado à portaria 1510/09 – MTE ou à portaria 373/11 – MTE. Em seguida, confirme se o modelo do produto em avaliação está de acordo com a regulamentação.

No caso dos modelos regulamentados pela 1510/09 – MTE, os modelos devem estar registados no Ministério do Trabalho e possuírem o certificado e selo do INMETRO.


Fique atento à qualidade do relógio de ponto

O relógio de ponto é um equipamento que fica em operação 24 horas por dia e é utilizado por inúmeras pessoas. A sua paralisação ou mau funcionamento gera transtornos e prejuízos para a empresa. Desta forma, é importante ter a certeza da qualidade do produto que está adquirindo.


Algumas dicas para se verificar a qualidade do produto

Observe se o fabricante possui certificação de qualidade ISO9001. A certificação indica que a empresa possui um sistema de gestão de qualidade que controla seus processos internos.Veja o prazo de garantia. Garantias mais extensas demonstram maior compromisso com a qualidade do produto. A grande maioria dos fabricantes de REP oferecem 1 ano de garantia, porém é possível encontrar fabricantes que oferecem até 2 anos de garantia.Procure conhecer um pouco mais sobre o fabricante do produto. Normalmente nos sites dos fabricante você encontrará informações sobre a história da empresa, tempo de vida, quantidade de clientes e o quanto são especialistas no setor.Peça referências para o vendedor que está lhe atendendo de outros clientes que já utiliza o produto que está sendo oferecido.


Como é a assistência técnica do produto?

A assistência técnica é responsável não só pelo reparo, mas também pela implantação da solução em gestão de jornada de trabalho nas empresas. Ela também aplica os treinamentos, dá consultoria aos clientes e suporte técnico, no equipamento no software de tratamento de ponto.

Ninguém compra um equipamento pensando que ele irá apresentar defeito. Mas, infelizmente, é importante saber como será esse atendimento. Portanto, procure obter informações sobre a empresa que está lhe vendendo. Peça indicações de outros clientes e procure saber como é o pós venda da empresa que está lhe vendendo.

Também é importante saber o que está incluso na garantia, se a assistência técnica é local ou balcão, se é cobrado a visita, custos com deslocamento, etc.

Atualmente existe muitos produtos sendo vendidos pela internet, nesse caso é importante saber quem e como será prestada a assistência técnica, para que o “barato não saia caro”.


Informe-se sobre o custo de impressão 

Os registradores eletrônicos de ponto imprimem um comprovante a cada marcação de ponto efetuada pelo colaborador. Desta forma é importante saber qual é a autonomia de impressão da bobina.

Os melhores equipamentos possuem autonomia superior a 10 mil comprovantes. Porém alguns produtos conseguem essa autonomia com bobinas de 400 metros e já outros obtém o mesmo resultado com bobinas bem menores, de 320 metros. Ou seja, nem sempre bobina grande é sinónimo de melhor escolha.

Outra informação relevante é que o custo de impressão do REP é menor do que o custo de impressão dos relógios cartográficos. Uma bobina de 320metros possui um custo inferior a x centavos por comprovante, aproximadamente xx,xx por colaborador mês. Já o custo de um cartão de ponto, utilizado nos cartográficos é de aproximadamente xx por colaborador mês.


Identificação biometria é a melhor opção? 

A identificação do colaborador através da impressão digital se tornou a forma mais comum utilizada pelas empresas atualmente e também é a forma mais segura. Com a biometria um colaborador não pode registrar o ponto para outra pessoa.

Com a biometria os colaboradores não tem como deixar de registrar o ponto, caso comum nas empresas que utilizam crachás e que ocorrem perdas e esquecimentos dos crachás.

Outro benefício trazido pela biometria está na redução de custo com investimento em na fabricação de crachás, que pode atingir valores consideráveis em grandes empresas.

É importante destacar que para o bom desempenho dos leitores biométricos a qualidade da impressão digital é muito relevante. Atualmente os sensores biométricos utilizados no mercado possuem taxas de leitura elevadíssima.

Porém, em algumas atividades profissionais a impressão digital pode ficar muito danifica, como os casos de construção civil, agricultura, marcenaria, etc. Também em atividades que os profissionais utilizam luvas de borracha durante períodos prolongados as digitais também podem perder a sua qualidade.

Nesses casos, é interessante escolher um modelo de relógio de ponto que possua uma redundância na identificação dos colaboradores, como um leitor de crachá de barras ou de proximidade. Observe se o relógio avaliado permite liberar a marcação de ponto pelo crachá somente para colaboradores com dificuldade de registro pela biometria.


Ethernet ou USB? Qual a melhor forma de comunicação com o REP?

A forma mais comum utilizada para comunicação do REP com o software de tratamento de ponto é a Ethernet (rede local). Porém existem situações em que os equipamentos estão instalados em locais aonde não há a disponibilidade de conexão por cabo.

Nessas situações uma boa alternativa é o envio de informações para o REP e a coleta de dados através da USB. Porém procure saber o produto avaliado pode ser utilizado totalmente pela USB, sem perda de recurso. Alguns equipamentos disponíveis no mercado possuem somente a coleta de dados disponível na porta USB.

9 visualizações

SOBRE



A EXATA IDENTIFICAÇÃO especializada em controle de ponto, acesso e identificação. Atendemos todo RN e demais limites.

Certificado ISO 9001 garantindo a qualidade dos nossos produtos e serviços com capacitação técnica de fábrica.

 

© 2020 por Exata Identificação

todos os direitos reservados



Av. presidente leão veloso, 911 - Alecrim, Natal/RN  


 

 

 

 

PODEMOS AJUDAR?
LIGUE 084-3213.2506
  • Facebook Clean
  • Twitter Clean